quarta-feira, 27 de julho de 2016

Santa Casa de Misericórdia de Araçatuba



São inúmeros os fatores que me levaram a escrever sobre você Santa Casa de Misericórdia de Araçatuba. Mas quero começar pelo seu sobrenome que faz jus ao mesmo. De fato é de misericórdia, há anos que consegue acolher Araçatuba e região. Sempre referência. Se tivesse mais apoio poderia fazer muito mais. Já faz mais que sua capacidade comporta. Muitas vezes faz milagre para atender os pacientes. Uma entidade que vive sobrecarregada, mas essa parte a mídia não consegue capitar, talvez não dê tanto ibope. Dificilmente algo vai chegar à perfeição em nossa cidade. Quem não ajuda sempre consegue atrapalhar um pouco, claro que justiça é feita e máscaras caem. Eu particularmente fico muito triste, por ver que a união podia fazer a força para o bem, mas não, estamos acostumados a dar à cara a tapa e sentados ao léu, ficamos vendo a banda passar.
Quantas coisas a cidade unida poderia fazer, mas não fazem. É mais fácil concordar e abaixar a cabeça.
Mas peço humildemente que reflitam- se, com a nossa Santa Casa de Misericórdia atuando está difícil, põe a mão na consciência e tente ver quão seria sem ela.
Atendendo Araçatuba e região, se esforçando ao máximo para ir de encontro com a necessidade dos usuários. Raramente vejo a mídia exaltar os feitos.
Quem atira pedras sobre uma Santa Casa de Misericórdia deveria levantar uma bandeira e fazer melhor.
Já estamos cansados de ver exaltação para negatividade, muita energia desperdiçada.
Também já é sabido que a saúde está um caos em todo país e não é de hoje. Creio que o foco deveria ser como fazer para melhorar. O que eu faria, por exemplo? Não sei. Você sabe?
Viu como não é fácil? Vejo que o que torna mais difícil a situação é isso. Falar ou achar é moleza. Enfrentar a realidade é cruel. Sentir na pele e resolver algo de grande importância, isso sim deve ser avaliado, o ser capaz que conduz a nave, merecendo honras ao mérito. Tantas coisas em volta da Santa Casa que se encontram desnudas e que passam despercebidas propositalmente, inclusive em volta dela está ficando tudo azul, e como sempre pagamos o preço em silêncio. Não adianta tentar revolucionar sozinho. Está-se cômodo para a maioria então fica assim: na mesma de sempre.
Espero que nossa Santa Casa de Misericórdia continue firme e forte, precisamos dela. Temo só de pensar no que seria do povo de Araçatuba e região no quesito saúde. A meu ver não tem outro nome.

 Deveria sim ter outros olhares voltados para ela. Nunca foi fácil, a positividade e força de vontade sempre atuando. Mas sabemos que uma hora o cansaço pode chegar. Vamos acordar meu povo, para não dormir a míngua. Valorize o que você tem. Lamentos não trazem de volta tesouros perdidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário