quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Equipe maravilhosa


 O prazer é imensurável, me perco nas palavras, dentro da minha intimidade com Deus, agradeço as bênçãos recebidas, pelo discernimento e aprendizado, não é em vão esperar com paciência. Aguardar as respostas não é perder tempo como diz os adversários na maioria das vezes.
Não estamos livres de reviravoltas em nossas vidas, tudo pode mudar em questão de segundos.
Temos que enfrentar situações e lidar com imprevistos, nunca vividos antes. Mas a postura e iniciativa contribuem para um final feliz.
O novo vai assustar sempre e muitas vezes a recepção influencia no desempenho.
O ser humano sabe que é difícil conviver com as diferenças, é preciso tempo, muitas vezes recusado. Nos dias atuais ainda exaltam a primeira impressão, no meu ponto de vista não é regra. Há muitos enganos. Aparências então, eu poderia não falar nada, mas me veio agora na lembrança, antigamente já era dito: por fora bela viola e por dentro pão bolorento. No saber não muda muito, quem sabe não precisa de exibição, seu saber já é visto pelas suas ações por mais simples que seja e nos mínimos detalhes. Aqueles que não sabem ou não tem experiência, cabe à humildade de não abaixar a cabeça e pedir ajuda quantas vezes forem necessária, não cometer o erro de fazer as coisas na duvida e evitar falhas irreversíveis.
Equipe maravilhosa por ser completa, atitude, atenção, cuidado, acolhedores de todas as formas.
 Thiago com um olhar e corpo em movimento mesmo na concentração dos seus afazeres, está sempre disposto a ensinar. Postura que faz a diferença.
 André pode estar muito ocupado, sempre parou para dar-me atenção, merece aquele cafezinho.
 Renato, você de mãos abençoadas por todas às vezes solicitado, demostrou o prazer em poder ajudar.
Vinícius acabou de retornar e já foi o primeiro a dar-me seu sangue. Veia boa. Quase peguei um balde.
 Ana de olhar atento, de inicio já avisou: precisando estou aqui.
Amanda transmite paz mesmo nos momentos tensos, em que o resultado depende dos aparelhos e do material entregue corretamente e os outros não entendem.
Evandra, a nervosinha favorita, aquela que foca no trabalho, onde vejo em movimento constante da hora que entra até ao sair.
 Coisas que acontecem no ambiente de trabalho que as câmeras não mostram. Equipe maravilhosa que enfrenta os desafios com dignidade invejável.  Energia boa, todos fazendo sua parte e fluindo na paz como deveria ser em todo lugar. Ainda não acabou, bem mais perto de mim estão aqueles anjos que Deus preparou para a recepção fechar com chave de ouro, a Marilu Camargo é a mesma Mel, que deixa doce e alegre o caminho por onde passa e foi quem ensinou-me a rotina. Sem reservas.
 Lenalda com postura de doutora e de posse de um coração bom e generoso, cuidado com o outro que raramente vemos.
 Regina com sua luz segue focada no trabalho.
Aquelas que não podem faltar, completam o ciclo do meu aprendizado, não só em função nova e ambiente diferente. Mas a experiência de conviver com varias pessoas e personalidades totalmente diferentes. Elaine atenciosa e cuidadosa, qualquer coisa me chama, e vinha mesmo com notável prazer.
 Alexsandra é a simpatia em pessoa, fizemos uma viagem juntas pelo prédio e cada gesto dela me deixava muito feliz. Alto astral que contagia. Angélica e Alessandra na recepção, não desviam o olhar quando passo. A Nicinha sorrindo deixa o ambiente limpo e agradável.
A Equipe maravilhosa ainda está em festa, dando boas vindas às recém-chegadas Amanda, Fernanda, Michele e Vânia. Que vocês se contagiem e sejam felizes dentro dessa família.


terça-feira, 26 de setembro de 2017

Mel, digna de homenagem.



Realmente é importante fazer o bem sem olhar a quem, hoje sou prova viva que não é em vão suas boas ações, seguindo os ensinamentos dos meus pais, faço o bem sem esperar retorno. O berço de ouro em que nasci era banhado de amor, caráter e repleto de humildade. Nos dias atuais levo nome de boba por abaixar a cabeça para não responder a altura, não sou boba, só obedeço à voz da minha mãe, dizendo para entregar para Deus e não me igualar, por muitas vezes não me falta à vontade de reagir e esbofetear a cara da maldade e tanta injustiça, mas respiro fundo e recuo, entrego nas mãos daquele que tudo pode.
Mas é inevitável não ficar maravilhada quando a recompensa vem. Filhos obedientes nunca perdem, justiça como sempre aparenta tardar mediante nossa pressa. Quando chega a ficha demora cair, e até duvidamos ser real.
Muitas vezes vamos constatar que apesar dos espinhos, os anjos estão prontos a aparecer, quando menos esperamos uma chuva de bênçãos acontece, mãos abençoadas, e sorrisos sinceros.
Um doce cerca seu caminho, o nome no registro é Marilu Camargo e para os privilegiados que convivem com ela ou a conhece de alguma maneira sempre será Mel, aquele anjo que segue adoçando e alegrando a vida das pessoas que a cercam.
Não importa o que aconteça, faz tudo com alegria. Ensina com paciência o que sabe, não é egoísta, e não mede esforços para que outro obtenha sucesso em seu desempenho. Não economiza palavras para ensinar com clareza e que o entendimento realmente seja atingido.
É incrível vivenciar momentos indescritíveis com a Mel que realmente chegou como um anjo enviado por Deus, semeia coisas boas e muita alegria, eu imagino que não está livre de dissabores, mas é maravilhoso sentir a luz acessa dentro dela.
O coração é terreno que estranho não entra, mas o externo reflete a grandeza do amor à vida e aos semelhantes.
Você Mel, com certeza está mostrando como quer ser lembrada, muito querida, iluminada por Deus, sempre cuidando das pessoas mais que a si mesma. Raridade hoje em dia, pedra preciosa que graças a Deus ainda tenho o privilegio de encontrar, onde consegui compreender o tempo do Pai. Não é em vão fazer o bem, não é perdido seguir seus princípios e manter sua essência, às vezes sofro, mas após a dor vem o alivio. Recompensa sem medida, e não há dinheiro que pague.
Mel, anjo que segue aos cuidados de Deus, disciminando paz e alegria por onde passa, desejando o bem a todos, e cuidando dos semelhantes como mandam as escrituras, todos como irmãos em Cristo.
Mel, não é por acaso que você foi escolhida para ser uma vencedora. E você sabe que vencer não significa ganhar todas, mas não desistir jamais.







terça-feira, 29 de agosto de 2017

A nervosinha favorita




 Cada dia que passa vamos engatinhando igual bebê. Situações que acontecem inesperadamente. Às vezes estressamos de imediato, mas logo a consciência alerta que não é de todo mal.
Há momentos que estamos convictos e abertos a conviver com as diferenças, mas o lado humano não consegue manter-se firme o tempo todo, hora ou outra extrapola nas palavras ou atitudes. Às vezes na rapidez em ajudar, magoa sem querer magoar.
Mas quando a convivência traz o entendimento e o charme, tudo se resolve na paz.
A vida nos ensina a todo instante a conviver com as diferenças, porém não é tão fácil assim, depois de muitas tentativas, e incontáveis suspiros profundos, o discernimento surge e a clareza nos pensamentos mostra com franqueza, que todo segundo um flash, um cruzamento inevitável com pessoas diferente de você, mas possível de se conviver. Respeitar o período de adaptação é o primeiro passo.
A nervosinha favorita mostra que mesmo na sua razão consegue mostrar que é possível aceitar o novo e respeitar seu tempo.
Uma postura invejável e que deveria ser copiada, age com tamanha sinceridade, não passa a mão na cabeça, mas esclarece as duvidas de uma maneira que é impossível não entender e retornar quando necessário.
A nervosinha favorita muda sua fisionomia conforme a situação, branquinha, fica com a face vermelha e rosa, logo se refaz.
É impressionante como consegue equilibrar as coisas.
A nervosinha favorita deixa nítido que é possível aceitar o novo e conviver com as diferenças, onde demostra a todo o momento que o respeito sempre é a base.
Assim a vida segue seu curso, ensinando quem quer aprender e mostrando que com humildade as portas podem bater no seu rosto, mas nunca fechará totalmente, o vento sopra a favor e mostra que há outras saídas.
De inicio tudo assusta quem chega e quem já está, afinidades notadas no primeiro instante, penso que é coisa de alma. Entendimentos de espirito, que tudo flui para a harmonia constante. Claro que às vezes coisas externas tentam abalar a estrutura, mas quando a base é boa, pode até estremecer, mas logo tudo volta à paz.
A nervosinha favorita, sempre na correria, eu rio muito e baixinho, quando ela passa. Não tenho medo, mas ela é cheia de graça, saudável, pegou agora até a mania de fazer pirraça, pensa que me engana, faz cara de brava, não aguenta, muda de cor como sempre e sorri.
É maravilhoso chegar à máxima da vida compreendendo que é gostoso entender o jeito do outro, quando o mais importante é desempenhar sua função em um ambiente harmonioso, com certeza é mais vantagens e lucros do que percas.
Orgulho e soberba só leva a falência em amplos os sentidos, materiais, amizades, etc.

A nervosinha favorita é exemplo, sabe e reconhece que ninguém está livre de erros, mas entende que todos são bons até prove ao contrário. Apesar de seu rosto ficar vermelho e rosa. Ela orienta e dá uma segunda chance, claro que antes dá aquele sustinho para não perder o costume. Para a nervosinha favorita  Evandra.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Lágrimas de sangue.



Na maioria das vezes não entendemos porque algumas coisas acontecem em nossas vidas, ficamos a pensar porque pessoas cruzam nosso caminho e proporcionam alegria, felicidade e situações de tamanha dor.
Imprevistos acontecem e ninguém está livre, até dentro de casa corremos perigos. No mundo de hoje vivemos atormentados, não podemos perder a fé, ficamos confusos, confundido os sentimentos. Isolamos do mundo e tornamos uma presa fácil. O lobo entra com pele de cordeiro e leva tudo, até a nossa própria vida é arrancada na unha, sem dó ou piedade.
Costumamos rotular, e às vezes erramos. Somos enganados, principalmente quando o coração é bom e não está acostumado a entrar em contato com a crueldade sem tamanho.
Mas não há crime perfeito e o Livro Sagrado é bem claro, o preço do pecado é a morte. Nada fica impune. O dinheiro compra muitas coisas, mas Deus escreveu certo dentro da sua sabedoria, viu o que homem seria capaz de fazer por dinheiro. Então não lhe deu o domínio sobre a vida. Mas deixou a certeza do retorno ao pó a qualquer momento.
Aos vinte e sete anos uma moça acha que pode quebrar as regras normais da natureza e decide optar por fazer mal aos inocentes. Aproveita-se de pessoas com problemas mentais e muitas com depressão, são grandes o número de vítimas já que esta doença realmente esta alastrada, e silenciosamente se manifesta, e fica igual camaleão trocando de pele para não ser identificada.
Mentes que se consideram inteligentes se apoderam das coisas alheias, manipulam as mentes sofridas, para que o crime não seja identificado pela polícia, faz de uma forma para parecer que recebeu doação de livre e espontânea pressão.
Mas a salvação da lavoura surge e nenhuma maldade ficará sem cobrança. Bem aventuradas às criancinhas e mesmo assim elas não estão livres de sofrimento, não estou ausente dos fatos, e mesmo assim não questiono Deus, pois tenho certeza de que realmente ele sabe o que faz.
A moça levou muito dinheiro de indefesos, mas o fim dela foi trágico. 
Ela sofreu um acidente e perdeu as duas pernas, ficaram espalhadas na estrada, uma criança que ela dizia amar também fez ela derramar lágrimas de sangue. Ainda acamada ela vive pesadelos que só ela tem a chave  para amenizar sua dor. Mas a fé dela é pouca. Então segue pagando suas contas das piores maneiras.
Como disse no inicio que não sabemos o porquê que pessoas entram na nossa vida, mas sabemos que ela vem com uma bagagem invisível, não vemos se traz o bem ou mal, por mais que nos cuidamos, o ladrão sempre acha uma brecha.
O mundo é grande e nós já vimos o encontro de muitas pedras. E o poeta tem a sensibilidade de um olhar à distância, às vezes se confunde, mas logo se recompõe.


quarta-feira, 26 de julho de 2017

As lágrimas de uma criança




Por muitas vezes me sinto pequena mediante a grandeza do universo. Surpresas indesejáveis totalmente inesperadas, ultimamente provindas de todos os lados, onde infelizmente não há esconderijo visto a olho nu ou com os melhores equipamentos.
As lágrimas de uma criança doente, não há ser humano que não se comova por pior que seja sua natureza. Derramo meu eu por todo o chão, e minha alma grita socorro ao Deus todo poderoso.
Clamo por piedade, anjinhos de Deus, que vem com uma missão curta, já chega avisando que sua estadia nesse mundo é bem breve.
Para nós que não estamos habituados a perder, jamais vamos aceitar a morte, mesmo com fé e acreditando em um Deus verdadeiro, como humano as dores insuportáveis serão inevitáveis. Temos muitas respostas que fingimos não ver.
Desde que o mundo se fez, inocentes pagam pelos culpados, muitas tragédias podem ser evitadas, mas a gente não acredita que pode acontecer conosco. Algumas vezes vejo relatos de pessoas que preferiram pagar para verem. E de fato quando constatou o valor da conta quiseram recuar, porém tarde demais.
As lágrimas de uma criança não caem só quando sentem dores, são tão puras, anjinhos que choram também de alegria, tanta pureza que se alegram por qualquer motivo, distribui alegria de graça, nos dias atuais por medo de tanta violência dão meio sorriso, pois já são prisioneiras do medo desde o berço, acabou até a liberdade da alegria das crianças. Outros tempos. Pessoas de todas as idades estão aprisionadas. Um medo devastador e com razões para tal. Um tempo sem lei. Onde a esperança vive acreditando na justiça divina. Que aparentemente tarda, mas é visto que não falha. O preço do pecado é a morte. Nessas horas vemos que ela se faz necessária.
É preciso refletir no que queremos para nossa vida.
As lágrimas de uma criança mostra que na alegria e na tristeza ela é capaz de atuar e faz a obra de tocar os corações de pedra.
Muitas famílias que se unem depois de constatado uma patologia incurável. As lágrimas de uma criança molha a roupa de todos, que sentem na alma o desespero de um arrependimento, tanto tempo perdido e agora não tem mais volta. Momentos que não vão se repetir porque o anjinho de Deus não retornará mais para casa.
O milagre da reconciliação aconteceu, e todos ficam se lamentando pelo que deixaram de viver.
As lágrimas de uma criança diariamente mostra para o mundo a importância da vida. Ela é breve, muito frágil. Fico aqui a me questionar porque perdemos tanto tempo de sermos felizes.
As lágrimas de uma criança não caem em vão, vamos prestar mais atenção. Ela pode tocar sua alma e te mostrar que você pode ser e fazer melhor.

                         


terça-feira, 27 de junho de 2017

Nudez emocional

     
Despir emocionalmente não é fácil e leva muito tempo, algumas pessoas morrem sem conseguir, principalmente aquelas que matam a si próprio para o outro existir, fato que ocorre constantemente e dito que é em nome do amor.
O amor próprio também existe, sufocado, tenta sobreviver. Carências e às vezes até para manter aparências, é incrível constatar que no século em que estamos, nos dias atuais aparentemente tão liberais, ainda deparamos com frequência com sofrimentos desnecessários.
Realmente cada um deve saber o que quer para sua vida, mas infelizmente há muitos enganos. Visões que às vezes temos depois de muito tempo na mesma estrada. A vida cobra felicidade, e nós muitas vezes ignoramos.
Individualmente sentimos o desejo de realizar sonhos, pequenos e bobos, não menos importante, mas falta-nos a consciência da grandeza que pode ocorrer com a autoestima. E muitas vezes deixamos arquivar, para vivenciar o momento dos outros. Coisas que temos que mudar. Lembrar que ceder um pouco faz parte, mas se anular é outra questão, um ponto aonde o fundo do poço chega, sem dó ou piedade, muitas vezes sem retorno.
Nudez emocional abra seu coração, lave seu corpo e sua alma, revendo seus conceitos, vá remar em outros mares, coloquem em prática suas ideias, a chama está acessa e há lugar para todos.
É claro que a gente gosta da cor preta e branca, mas a vida pede para ser colorida, mostrando que há espaço para todos os gostos. Que a prioridade seja a realização pessoal.
 Ninguém consegue ser feliz sozinho, o mundo está cheio de controversas, muita gente de olho nos passos alheios, e alguns tolos fazendo coisas para aparecer e dar ibope, inconsequentemente expondo-se desnecessariamente, achando que está levando vantagem.
Nudez emocional, o ponto máximo da realização onde é vista nitidamente quando alcançada, onde a pessoa satisfeita com sua vida, não precisa dar explicação ou colocar na mídia sua vida pessoal, onde curte seus momentos, e compartilha a alegria de acordo com os fatos, sem expor sua vida intima e principalmente seus relacionamentos pessoais.
Os amigos de verdade querem mesmo ver a felicidade estampada no rosto, mas também entende que muitos detalhes tem que serem poupados.


A nudez emocional é um despir completo, de egos, vaidades, egoísmo, sentir-se de bem com a vida em qualquer ocasião. E dá prioridade ao Amor Próprio que deve ser o senhor do seu eu verdadeiro, aquele eu que não se deixa manipular e está preparado para dizer não quando não convém e cede quando se faz necessário.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

As flores



A menina corria alegremente
Brincava inocentemente
Bailava ao luar
Viajava sem sair do lugar

Crescia com a mesma alegria
Tudo era festa
Um dia não sorriu
Estranhou as mudanças

Regava o jardim
Logo entendeu muitas coisas
As flores desabrocharam
O amor nasceu.