sexta-feira, 28 de julho de 2017

Lágrimas de sangue.



Na maioria das vezes não entendemos porque algumas coisas acontecem em nossas vidas, ficamos a pensar porque pessoas cruzam nosso caminho e proporcionam alegria, felicidade e situações de tamanha dor.
Imprevistos acontecem e ninguém está livre, até dentro de casa corremos perigos. No mundo de hoje vivemos atormentados, não podemos perder a fé, ficamos confusos, confundido os sentimentos. Isolamos do mundo e tornamos uma presa fácil. O lobo entra com pele de cordeiro e leva tudo, até a nossa própria vida é arrancada na unha, sem dó ou piedade.
Costumamos rotular, e às vezes erramos. Somos enganados, principalmente quando o coração é bom e não está acostumado a entrar em contato com a crueldade sem tamanho.
Mas não há crime perfeito e o Livro Sagrado é bem claro, o preço do pecado é a morte. Nada fica impune. O dinheiro compra muitas coisas, mas Deus escreveu certo dentro da sua sabedoria, viu o que homem seria capaz de fazer por dinheiro. Então não lhe deu o domínio sobre a vida. Mas deixou a certeza do retorno ao pó a qualquer momento.
Aos vinte e sete anos uma moça acha que pode quebrar as regras normais da natureza e decide optar por fazer mal aos inocentes. Aproveita-se de pessoas com problemas mentais e muitas com depressão, são grandes o número de vítimas já que esta doença realmente esta alastrada, e silenciosamente se manifesta, e fica igual camaleão trocando de pele para não ser identificada.
Mentes que se consideram inteligentes se apoderam das coisas alheias, manipulam as mentes sofridas, para que o crime não seja identificado pela polícia, faz de uma forma para parecer que recebeu doação de livre e espontânea pressão.
Mas a salvação da lavoura surge e nenhuma maldade ficará sem cobrança. Bem aventuradas às criancinhas e mesmo assim elas não estão livres de sofrimento, não estou ausente dos fatos, e mesmo assim não questiono Deus, pois tenho certeza de que realmente ele sabe o que faz.
A moça levou muito dinheiro de indefesos, mas o fim dela foi trágico. 
Ela sofreu um acidente e perdeu as duas pernas, ficaram espalhadas na estrada, uma criança que ela dizia amar também fez ela derramar lágrimas de sangue. Ainda acamada ela vive pesadelos que só ela tem a chave  para amenizar sua dor. Mas a fé dela é pouca. Então segue pagando suas contas das piores maneiras.
Como disse no inicio que não sabemos o porquê que pessoas entram na nossa vida, mas sabemos que ela vem com uma bagagem invisível, não vemos se traz o bem ou mal, por mais que nos cuidamos, o ladrão sempre acha uma brecha.
O mundo é grande e nós já vimos o encontro de muitas pedras. E o poeta tem a sensibilidade de um olhar à distância, às vezes se confunde, mas logo se recompõe.


quarta-feira, 26 de julho de 2017

As lágrimas de uma criança




Por muitas vezes me sinto pequena mediante a grandeza do universo. Surpresas indesejáveis totalmente inesperadas, ultimamente provindas de todos os lados, onde infelizmente não há esconderijo visto a olho nu ou com os melhores equipamentos.
As lágrimas de uma criança doente, não há ser humano que não se comova por pior que seja sua natureza. Derramo meu eu por todo o chão, e minha alma grita socorro ao Deus todo poderoso.
Clamo por piedade, anjinhos de Deus, que vem com uma missão curta, já chega avisando que sua estadia nesse mundo é bem breve.
Para nós que não estamos habituados a perder, jamais vamos aceitar a morte, mesmo com fé e acreditando em um Deus verdadeiro, como humano as dores insuportáveis serão inevitáveis. Temos muitas respostas que fingimos não ver.
Desde que o mundo se fez, inocentes pagam pelos culpados, muitas tragédias podem ser evitadas, mas a gente não acredita que pode acontecer conosco. Algumas vezes vejo relatos de pessoas que preferiram pagar para verem. E de fato quando constatou o valor da conta quiseram recuar, porém tarde demais.
As lágrimas de uma criança não caem só quando sentem dores, são tão puras, anjinhos que choram também de alegria, tanta pureza que se alegram por qualquer motivo, distribui alegria de graça, nos dias atuais por medo de tanta violência dão meio sorriso, pois já são prisioneiras do medo desde o berço, acabou até a liberdade da alegria das crianças. Outros tempos. Pessoas de todas as idades estão aprisionadas. Um medo devastador e com razões para tal. Um tempo sem lei. Onde a esperança vive acreditando na justiça divina. Que aparentemente tarda, mas é visto que não falha. O preço do pecado é a morte. Nessas horas vemos que ela se faz necessária.
É preciso refletir no que queremos para nossa vida.
As lágrimas de uma criança mostra que na alegria e na tristeza ela é capaz de atuar e faz a obra de tocar os corações de pedra.
Muitas famílias que se unem depois de constatado uma patologia incurável. As lágrimas de uma criança molha a roupa de todos, que sentem na alma o desespero de um arrependimento, tanto tempo perdido e agora não tem mais volta. Momentos que não vão se repetir porque o anjinho de Deus não retornará mais para casa.
O milagre da reconciliação aconteceu, e todos ficam se lamentando pelo que deixaram de viver.
As lágrimas de uma criança diariamente mostra para o mundo a importância da vida. Ela é breve, muito frágil. Fico aqui a me questionar porque perdemos tanto tempo de sermos felizes.
As lágrimas de uma criança não caem em vão, vamos prestar mais atenção. Ela pode tocar sua alma e te mostrar que você pode ser e fazer melhor.

                         


terça-feira, 27 de junho de 2017

Nudez emocional

     
Despir emocionalmente não é fácil e leva muito tempo, algumas pessoas morrem sem conseguir, principalmente aquelas que matam a si próprio para o outro existir, fato que ocorre constantemente e dito que é em nome do amor.
O amor próprio também existe, sufocado, tenta sobreviver. Carências e às vezes até para manter aparências, é incrível constatar que no século em que estamos, nos dias atuais aparentemente tão liberais, ainda deparamos com frequência com sofrimentos desnecessários.
Realmente cada um deve saber o que quer para sua vida, mas infelizmente há muitos enganos. Visões que às vezes temos depois de muito tempo na mesma estrada. A vida cobra felicidade, e nós muitas vezes ignoramos.
Individualmente sentimos o desejo de realizar sonhos, pequenos e bobos, não menos importante, mas falta-nos a consciência da grandeza que pode ocorrer com a autoestima. E muitas vezes deixamos arquivar, para vivenciar o momento dos outros. Coisas que temos que mudar. Lembrar que ceder um pouco faz parte, mas se anular é outra questão, um ponto aonde o fundo do poço chega, sem dó ou piedade, muitas vezes sem retorno.
Nudez emocional abra seu coração, lave seu corpo e sua alma, revendo seus conceitos, vá remar em outros mares, coloquem em prática suas ideias, a chama está acessa e há lugar para todos.
É claro que a gente gosta da cor preta e branca, mas a vida pede para ser colorida, mostrando que há espaço para todos os gostos. Que a prioridade seja a realização pessoal.
 Ninguém consegue ser feliz sozinho, o mundo está cheio de controversas, muita gente de olho nos passos alheios, e alguns tolos fazendo coisas para aparecer e dar ibope, inconsequentemente expondo-se desnecessariamente, achando que está levando vantagem.
Nudez emocional, o ponto máximo da realização onde é vista nitidamente quando alcançada, onde a pessoa satisfeita com sua vida, não precisa dar explicação ou colocar na mídia sua vida pessoal, onde curte seus momentos, e compartilha a alegria de acordo com os fatos, sem expor sua vida intima e principalmente seus relacionamentos pessoais.
Os amigos de verdade querem mesmo ver a felicidade estampada no rosto, mas também entende que muitos detalhes tem que serem poupados.


A nudez emocional é um despir completo, de egos, vaidades, egoísmo, sentir-se de bem com a vida em qualquer ocasião. E dá prioridade ao Amor Próprio que deve ser o senhor do seu eu verdadeiro, aquele eu que não se deixa manipular e está preparado para dizer não quando não convém e cede quando se faz necessário.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

As flores



A menina corria alegremente
Brincava inocentemente
Bailava ao luar
Viajava sem sair do lugar

Crescia com a mesma alegria
Tudo era festa
Um dia não sorriu
Estranhou as mudanças

Regava o jardim
Logo entendeu muitas coisas
As flores desabrocharam
O amor nasceu.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Aborto espontâneo


Um assunto delicado, muito íntimo e por mais que seja compartilhado, realmente só sabe e entende quem passa por isso, ou quem estuda a respeito, e mesmo assim as emoções sentidas vão além de teorias.
Infelizmente posso falar com propriedade sobre,porque aconteceu comigo, pensei que não ia sobreviver ao susto do momento, e ao choque de ver o sangue se esvaindo, um lago aos meus pés e minhas mãos tentando inutilmente segurar o impossível. Nessa hora parece que me adentrei a um casulo e me escondi dentro de mim, procurando os pedaços.
Uma ação da natureza que a mulher passa que vai além do seu querer, acontece inesperadamente, algo que se esvai tão rapidamente, impotente não se consegue fazer nada.
Marcas deixadas, cicatrizes na alma, invisível, porém muito sentida. É preciso um olhar mais atento para uma situação dessas.
A recuperação física é rápida, mas o emocional é abalado demais, afinal saiu do que chamamos de rotina.
Como humanos criamos leis e muitas regras, onde a natureza não é obrigada obedecer todas.
Às vezes as coisas acontecem em nossa vida para nos mostrar exatamente isso. Livres e inteligentes somos, mas é visto a grandeza do universo com suas satisfações e reprovações.
Uma gravidez planejada ou não, por si só já muda e transforma o emocional. Passado o susto da noticia, vem o planejamento. A montagem do castelo e o agradecimento pelo que chamo de benção. A dadiva e o privilegio da maternidade.
Algumas mulheres superam logo as mudanças, outras não. Depende do tratamento médico e da atenção prestada pela família. Cada episodio um diagnostico, onde se pode haver outras chances ou não.
Momentos de dor única, por mais apoio que se tem. É intransferível.
Perder algo nunca foi e nunca será bom, ainda mais quando se trata de vidas. Mas é claro que Deus vem com o amparo imediato, desde que tenhamos os braços abertos para receber sua visita e seus abraços.


Não é fácil entender porque temos que perder coisas que já amamos sem conhecer. Gerar uma vida é um milagre. Eu disse sim todas às vezes. Cumprindo as promessas de Deus, aprendi aceitar as perdas, nunca me revoltei contra Ele, todas as horas difíceis foi na mão Dele que segurei. Já jogaram pesado com o meu ser, mas tenho vencido. 
Aborto espontâneo, a mulher sofre muito e nunca vai esquecer. O caminho é longo, o corpo demora assimilar que o fruto não vingou. O coração começa a busca para juntar os pedaços, já no primeiro instante com generosidade cede os batimentos para outra vida que brota. 
Aborto espontâneo. Sangue e lágrimas que se encontram. Uma mãe que mergulha nesse lago, adormece e acorda de mãos e barriga vazia. Não perguntem nada a ela, apenas a abrace e nos olhos dela verá a dor que está sentindo.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

A fragilidade da Vida

Como sempre... Não estamos habituados a perder. Já nascemos com a certeza do fim. Mas a luta para fugir da morte é constante, porém inevitável. Por mais difícil que seja o quadro a esperança se renova a todo instante.
Dependendo da situação, algumas pessoas preferem fugir da realidade. A sensação de impotência é grande demais e o corpo fica inerte. Na maioria dos casos realmente é um descanso para quem vai, mas um vazio imenso para quem fica. Costumamos dizer que o tempo cura as feridas, mas no fundo tentamos acreditar em algo, já que infelizmente nunca vamos mudar o final da historia. Todo conto de fada pode ser feliz, mas a qualquer momento as lágrimas serão inevitáveis.
A fragilidade da vida não é exaltada, pelo contrario, a maioria parece não acreditar que a viagem é verídica, com passagem reservada, mas o mistério esta na data e hora, isso sim é segredo. Tem horas que é preferível não saber mesmo, mas também há momentos que seria bom que desse tempo de rever os conceitos e corrigir algumas falhas.
Cada dia que passa vejo de perto a fragilidade da vida. E não livre de erros vou seguindo, tentando melhorar meu ser.
Como é difícil sobreviver presenciando o descaso com um tesouro tão precioso e único. O remédio e o alivio vem de Deus para quem crê, para muitos que não consegue ter esse encontro se entregam aos vícios e entram em becos sem saída, não conseguem suportar a cruel realidade.
 Provações que ninguém está livre de passar. Sempre vamos achar que nosso peso é maior, mas esquecemos de que não estamos usando o calçado e as costas dos outros.
Nos dias atuais o que mais estamos vendo com clareza é a dificuldade financeira, mas se está com saúde agradeça. Estou vendo de pertinho e sofrendo muito com a fragilidade da vida. Ele só tem vinte anos e após um acidente de moto está correndo o risco de ficar paraplégico, relatou-me sua historia e olhou nos meus olhos, segurou minha mão e disse: tenho vontade de fugir. Olhei para os lados e sua mãe em lágrimas, na hora eu corri para os braços de Deus sem sair do lugar, e clamei... Meu Deus nos visite agora, por favor, eu como mãe sentindo a dor desta e olhando para esse jovem, sou pequena demais... Em lágrimas também, eu consegui dizer... Fica em paz menino, Deus é contigo e... Mãe confie, ainda há esperança.
A fragilidade da vida, todo mundo sabe que em questão de segundos tudo pode se desfazer. Mas a maioria ignora os avisos e os pedidos de socorro, cuida de mim para não me perder, na hora das consequências ouvem-se os lamentos. Podia ter sido diferente. Alguns casos há tempo para reverter os estragos, em outros já se fez tarde. Por isso que muitas vezes é necessário refletir muito no que convém, permitido tudo é. Quanto à fragilidade da vida, vale muito a pena pensar como você a quer. Pois o preço a pagar com certeza é individual.






segunda-feira, 24 de abril de 2017

Dignidade



Recebi isso hoje pelo whatsApp. Eu também gostaria de ver o País com a capacidade de ingressar todos os cidadãos no mercado de trabalho. Nada justifica o indivíduo prejudicar seu próprio corpo e tirar sua própria vida. As tragédias suicidas estão cada dia mais frequentes e desenfreadas. Realmente é preciso coragem para viver. Pessoas acima de qualquer suspeita estão aparecendo mortas com a corda no pescoço ou tiro na cabeça. Meu filho acabou de fazer 18 anos eu e ele fomos distribuir currículos e até falamos com amizades e até agora nada. Resposta curta imediata, não posso fazer nada por você. Então eu digo: Falar é fácil. Façam mais e julguem menos. Vejo situações desesperadoras constantemente, também tenho visto que se você comentar seu problema Você perde o amigo. Quanto aos jovens quem está ouvindo e dando oportunidades a eles? Quem está conseguindo um emprego ou estágio hoje? Será que é só quem tem padrinho? Muitas mães como eu estamos dobrando a jornada de trabalho para estudar nossos filhos. Eles querem trabalhar, mas onde? Essa Baleia Azul ele tem desde os 14 anos. Também estão chamando a atenção dos pais para serem mais presentes. O jovens querem e precisam é de emprego. Mente parada é oficina do diabo. Quem não tem o que fazer inventa mesmo, tanto para o bem quanto para o mal. Jovens por mais difícil que pareça, não vale a pena jogar sua vida fora. Você é importante para Deus e para sua mãe. Nenhuma quer perder seus filhos assim.. .
Quem dera que o problema fosse falta de vergonha na cara dos jovens, o sistema não ajuda e uns termos desses, quem usou deve ser santo. Quantos trabalhadores informais existem e estão sendo brutalmente arrancados dos seus pontos de trabalho. São milhares de pais de família desempregados, falta de vergonha também? 
Minha infância foi muito difícil, mas não foi só a minha, mas existia a prática do amor ao próximo, onde minha mãe com uma mão dividia o pouco que tinha e com a outra recebia ajuda também.Hoje em dia se você desabafar perde o amigo e as vezes os próprios com a má língua acaba de te matar.
Mas não entrem na onda do Suicídio, minha avó já dizia que besta é quem perde a vida. Confie em Deus, fala com ele, mas aguarde com paciência as respostas. Ele está cuidado de nós. Mas olha a imensidão dos necessitados. As vezes com tudo que está passando, não consegue ver o tamanho do sofrimento alheio, as vezes o seu é menor e Deus foi salvar aquele que já estava escorregando da ponte.
Tenha fé. Acredite que o amanhã pode ser melhor. Não compensa adiantar a viagem.