terça-feira, 9 de agosto de 2016

Suicídio desnecessário


  Quantos jogaram sua vida fora porque não aguentaram a pressão da sociedade. Depressão também vem matando lentamente, e normalmente é provinda de uma fraqueza incontrolável, onde o ser não consegue lutar contra as adversidades que surgem e infelizmente não são poucas.
Em qualquer área que escolher atuar, com toda certeza vai se deparar com ninhos de cobra, veneno fatal. Mas também vai encontrar anjos que vão ajudar na defensiva. Como nada é eterno, todo cuidado é pouco, enquanto o anjo dorme o veneno é disseminado em velocidade máxima. E às vezes pega de surpresa, e desarmado é sempre uma presa fácil, porque o bom não acredita que existe tanta maldade.
Então se entrega e cede, absorvendo naturalmente, o corpo sem defesa não reage. E assim o mal aparentemente vence.
Quantas vidas vão para o cemitério devido um mal causado por colegas de trabalho, por não suportar o término de um relacionamento.
Suicídio desnecessário pode parecer que não há justiça. Mas ela existe, agora vejo que ela gosta de chegar de surpresa. Às vezes me corta o coração por constatar que um inocente sofre por consequências de ações de alguém, sofrimentos compartilhados, mas a dor é única.
Você pode induzir alguém a tirar a própria vida. E lá na frente, em um caminho não muito distante, pode-se deparar com a lei do retorno e implorar pela vida de alguém que ama tanto e será em vão.
Suicídio desnecessário reflita-se. Será que vale a pena fechar os olhos para sempre, por coisas banais?
Nós somos amados por alguém que nos valoriza pelo que somos e não pelo que temos. E para cuidar da nossa vida sem o nosso consentimento isso é fato que sempre vai ter muita gente.
Agora cabe a cada um ter o discernimento e coragem para enfrentar tudo. Outro dia me falaram que também é preciso coragem para tirar a própria vida, eu posso até concordar, mas acho um absurdo ser corajoso e agir brutalmente contra o seu maior tesouro que é a vida, e não lutar para defendê-lo.
Olha não costumo julgar ninguém, mas gosto de refletir sobre alguns aspectos, ainda mais em relação à vida que é um diamante de vidro frágil demais. Toda tempestade tem inicio e fim, e no meio dela qualquer coisa pode acontecer. Agora entre a vida e a morte, é você e nada mais. Lágrimas e arrependimentos não ressuscita ninguém. Pense bem antes de fazer uma loucura dessas, quantos lutando para viver e perdem a batalha.
Enquanto há vida há esperança, não desista da sua, por mais difícil que ela esteja, são momentos, são fases, não perca esse bem precioso tão fácil assim.

Mesmo que sua dor passe despercebida, se ame mais, você pode. Lembre-se que até as rosas lindas como são... também carregam espinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário